Domingo, 21 de Fevereiro de 2010

Relação Oceano/Atmosfera

Neste subtema temos como objectivos:

- Perceber as trocas entre a atmosfera e os oceanos,

- Conhecer o papel dos oceanos no aquecimento global,

- Divulgar as consequências do aquecimento global nos oceanos.

 

Nosso planeta, todos os subsistemas (Hidrosfera, Atmosfera, Geosfera e Biosfera) estão todos ligados e não funcionam uns sem os outros.

A relação oceano/atmosfera é bastante importante porque é com esta relação que o planeta regula o clima, a qualidade do ar que se respira e também tem uma importância relevante no aquecimento global.

 

Perceber as trocas entre a atmosfera e os oceanos:

A água possui propriedades que ajudam no controlo do nosso clima tornando o planeta Terra propício à vida. Sendo a superfície do planeta, coberta, maioritariamente, por água oceânica. Estas movem-se continuamente por todo o globo, através de correntes oceânicas, que ajudam na distribuição de calor e gases, em toda a superfície terrestre.

Os oceanos desempenham um papel importante no ciclo de carbono e no ciclo da água, entre atmosfera, o ambiente físico e os organismos vivos.

Os movimentos dos gases ocorrem da atmosfera para os oceanos, e dos oceanos para a atmosfera. Vários factores influenciam esta troca, como a concentração destes gases em ambos os ambientes e a velocidade dos ventos, apesar de não se conhecer todos os factores que influenciam estas trocas já se sabe o suficiente para saber que são importantes para o nosso clima e para a qualidade do ar que se respira.

O impacto do CO2 (dióxido de carbono) no nosso clima depende dos níveis deste na atmosfera. Cerca de um terço deste gás é transferido para os oceanos. Ao entrar em contacto com a água, o dióxido de carbono reage com os iões de carbonato e forma carbonato de hidrogénio, que irá permitir a entrada de mais CO2 vindo da atmosfera. O CO2 também é utilizado para a fotossíntese.

Outra troca importante entre os oceanos e a atmosfera é caracterizada pelo ciclo da água. Este ciclo consiste na água da superfície do planeta, principalmente dos oceanos (maior fonte de água do planeta), estar sujeita à evaporação por influência do calor. Ao ser evaporada transforma-se em vapor de água e é libertado para a atmosfera, onde sobe até condensar devido ao arrefecimento que se dá quanto mais se sobe. Ao condensar vão formar pequenas gotículas de água que vão aumentar de dimensões devido ao acúmulo de mais gotículas. Quando se tornam demasiado grandes e pesadas caem sobre a forma de precipitação. A água que precipita volta para os oceanos, rios ou é absorvida pelo solo. Este ciclo repete-se sem parar.

 

 

Conhecer o papel dos oceanos no aquecimento global:

O aquecimento global é um dos temas ambientais mais debatidos deste século. Alguns cientistas afirmam que não tem de haver preocupação, outros afirmam o contrário. Apesar de tudo iremos falar do papel que os oceanos têm neste fenómeno.

Como foi afirmado no objectivo anterior, existem trocas de gases (principalmente de CO2) entre os oceanos e o ar. Estas trocas ajudam a remoção de um terço de CO2 libertado pela queima de combustíveis fósseis. Ao entrar nos oceanos, os seres vivos fotossintéticos (que iram conhecer na vida marinha) utilizam esse CO2 para fazer fotossíntese. Mas como o CO2 tem vindo a aumentar a sua concentração no ar e consequentemente nos oceanos. Este aumento não significa que haja mais fotossíntese ou mais organismos porque o CO2 está em excesso.

O dióxido de carbono dissolve-se melhor na água fria, mas como uma das consequências do aquecimento global é o aumento da temperatura o que vai aumentar a temperatura da água e todo este aumento irá reduzir a capacidade dos oceanos de absorver dióxido de carbono, o que poderá acentuar o efeito de estufa.      

 

 

 

Consequências do aquecimento global:

Como o nosso blog e projecto são os oceanos só falaremos nas consequências do aquecimento global para os oceanos.

“Os oceanos e os seus habitantes serão irreversivelmente afectados pelo impacto do aquecimento global e pelas mudanças climáticas. Os cientistas dizem que o aquecimento global, ao subir as temperaturas dos mares, irá elevar os níveis das águas e mudar as correntes oceânicas.”  

                                                                                                                                      Green Peace

                      

O aquecimento global está associado a altas temperaturas, e estas últimas irão derreter as calotes polares e aumentar o nível da água dos mares e oceanos. É esperado um aumento médio global dos mares, 9 a 88 centímetros, nos próximos 100 anos. O que fará com que as zonas costeiras fiquem inundadas, a contaminação dos depósitos de água potável e acréscimo da salinidade nos estuários. Mas este derretimento das calotes polares tem uma consequência ainda maior. Como sabemos, a circulação oceânica é muito sensível à quantidade de água doce que participa nela, pois esta última desempenha uma parte muito importante sobre a densidade da água dos oceanos. Ao haver descongelamento das zonas geladas irá ser lançado para os oceanos grandes quantidades de água doce, reduzindo desta forma a concentração da água salgada que por sua vez irá reduzir a intensidade das correntes oceânicas, ocasionando alterações climáticas em todo o planeta. E só apenas uma curiosidade de como afecta o nosso clima, alguns modelos informatizados de clima prevêem um arrefecimento de aproximadamente 2C na Europa devido a diminuição da quantidade de calor vinda das Caraíbas, para o continente europeu, em consequência da corrente do Golfo estar mais fraca. Portanto, é preciso ver que o aquecimento global, ao derreter as calotes polares, está a comprometer o regime normal das correntes oceânicas e os ventos fazendo surgir com grande frequência tempestades, que também irá mudar significativamente a fertilização das águas e a vida marinha nestas regiões.

     

O aumento da temperatura irá causar impactos na vida marinha. Toda a cadeia alimentar será afectada porque o fitoplâncton, que alimenta pequenos crustáceos incluindo o krill, cresce sob o gelo do mar; ora se há uma redução do gelo não haverá fitoplâncton o que implica uma diminuição de krill que alimenta muitas espécies incluindo as grandes baleias. A diminuição de gelo nos pólos irá afectar também os habitats de muitas espécies que dependem deste habitat para sobreviverem e alimentarem. Para terem uma noção, algumas populações de pinguins diminuíram em 33% em certas regiões da Antárctida por causa do declínio do habitat. Este derretimento, como foi referido acima, irá lançar água doce que muda as correntes oceânicas e se as correntes mudarem, os animais que se guiam por elas puderam ficar desorientados e acabaram por dar à costa onde geralmente morrem ou iram ter mudar as suas rotas e deixam assim outras espécies sem alimento que iram morrer ou então ter de se deslocar até encontrarem alimento.

                                  

Com um aumento da temperatura do ar irá haver um aumento da temperatura da água dos mares, oceanos (zonas mais baixias e superfície) onde existem recifes de corais e espécies tropicais (iram descobrir mais na vida marinha) que não sobrevivem quando a temperatura da água tem grandes oscilações. Isto irá afectar os locais com mais vida nos oceanos. Baleias e golfinhos encalham em temperaturas altas. E também ligado ao aumento da temperatura, está uma ocorrência cada vez maior de doenças em animais marinhos.

Concluindo, o aquecimento global não tem só consequências em terra e para nós. Os oceanos que são um dos maiores ecossistemas da Terra, são e serão bastante afectados. E as consequências nos oceanos puderam, indirectamente, afectar-nos de uma maneira trágica.

Apelo: Portanto diminuam a poluição para que o aquecimento global não ultrapasse limites críticos e torne o nosso planeta e oceanos num lugar inóspito.          

 

 

publicado por grupo2_oceano às 20:35
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Filomena a 17 de Março de 2010 às 22:17
Continuem a postar este tipo de informações, são interessantes e aumentam o nosso conhecimento sobre o tema desenvolvido.
Parabéns pela boa organização do projecto!
De Anónimo a 19 de Maio de 2010 às 16:53
Tema muito interessante! Continuação de bom trabalho!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Relevo Oceânico

. Poluição dos Oceanos

. Mitos

. Exploração dos Oceanos

. Fenómenos característicos...

. Relação Oceano/Atmosfera

. Apresentação do Blog

. Origem dos Oceanos

.arquivos

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds